Posts Tagged ‘MÉDICO PARA EMAGRECIMENTO EM PORTO ALEGRE’

h1

MEMÓRIAS DE UMA OBESA EM PORTUGAL

janeiro 19, 2013

A seguir o Relato das Angústias de Mariana, uma Obesa moradora em Portugal que, ao ler o Livro Memórias de Olga, Uma Obesa se identificou com o mesmo e nos escreveu relatando a seguinte experiência: 

Boa noite Dr. Henri,


olga bailarina
           Sou Mariana, tenho 25 anos, mineira de BH, mas vivo em Portugal, Mãe de 3 filhos, Gabriel, Raquel e Ana Julia, fui mãe aos 16 anos, perdi minha mãe aos 14 anos, vi sua saúde ir embora,por causa de um câncer uterino, embora naquela altura fosse uma “miúda” jovem, bonita, e interessante, tudo o que vivi durante a doença da minha mãe mexeu muito comigo, depois de sua morte eu deixei de comer, comia muito pouco, às vezes até esquecia de fazer as refeições, entretanto, passou-se algum tempo, e aos 15 anos conheci meu marido.
          Éramos jovens e felizes, e ele devolveu-me a vontade de ser feliz,  porem, na nossa falta de juízo, (falemos assim), fui mãe do Gabriel, hoje com 9 anos, foi  uma gravidez difícil, pois meu pai não aceitava o facto de ter uma filha (única dele, a quarta da minha mãe que foi viúva muito jovem e depois de 10 anos casou-se com meu pai), que seria mãe aos 16 anos.  Mesmo assim eu o quis ter, e já o amava muito.  Apos o parto perdi peso muito rápido, pois havia saltado dos 58 kg para os 83 kg, mas ao fim de 8 meses  já estava com 58 kg novamente, (tenho 164 cm de altura) entretanto, engravidei da Raquel, e após o seu parto, embora não tivesse engordado muito, pesava uns 70 kg, cheguei a pesar 55 kg.  Confesso que naquela altura eu adorava ser magra, tudo me ficava bem, então veio a noticia, quando a Raquel tinha 1 ano, estava a espera da Ana Julia, onde eu engordei mais 30 kg, pesava 80-85 kg, e até tive a glicose muito alta nesta altura, mas nada de grave, só uma observação da minha médica. Apos o nascimento da menina Ana, eu perdi pouquíssimo peso comparado às outras situações, pesava 70 kg ao fim de um ano.   Fiz um esforço e consegui perder mais 5 kg, que me deixou satisfeita com minha aparência, aos 22 anos eu estava feliz ao me ver ao espelho, mas havia um problema, meu marido tinha acabado de migrar para Portugal a trabalho a volta de 8 meses, e eu estava sozinha com meus filhos, fiquei 1 ano longe, e isto me fez migrar e deixar os meninos com minha sogra, e foi assim por 3 anos, agora que vem a moral de toda a historia que lhe conto, eu engordei em 10 meses estando em Portugal 30 kg, no qual em 4 anos não consegui perder uma única grama. 

         Fiz academia, tomei remédios (muitos remédios, tantos que chegaram a ser alvo de muitas brigas em casa), fiz muitas dietas, chás milagrosos, dietas de baixas calorias, cápsulas naturais, fui a um medico carérrimo, que fazia manipulados (cá são muito mal vistos os manipulados) aqui em Lisboa, onde eu gastei imenso dinheiro e não resultou, comprei remédio pela internet que me fizeram muito mal, ficava enjoada o dia todo,  tudo como a simpática Olga conta em suas memórias, me vi em suas palavras, e isto não lhe deve ser novidade de certeza, o que me aflige mais, é saber que já se passaram 4 anos, e eu que era tão sexy e atraente, mesmo sendo mãe precoce e de 3 filhos, era muito bonita, e hoje pareço mais um pedaço de banha!

             Sou esteticista, e me envergonho às vezes por saber que vendo beleza, mas não sou um exemplo dela; a obesidade me traz outras insatisfações, como fadiga, dor óssea e articular, acne, muita acne, e a pior de todas, falta de apetite sexual. Atualmente faço consultas com uma endocrinologista, que me passou uma dieta, e dois medicamentos, o cloxam e o risidon, e estou tentando fazer caminhadas pela manhã antes de sair de casa, ao menos 30 min., e após ler as memórias de olga, fiquei muito mais motivada!  Gostaria de agradecer por ser tão solidário ao postar aquele texto, me fez acreditar que eu posso e consigo, mesmo sendo tao difícil, eu conseguirei! Escrevo-lhe para saber que mesmo de longe, suas palavras me deram força para seguir. 

            Desculpe-me por roubar seu tempo, que deve ser precioso, e mais uma vez obrigado,

           Um abraço,

           att

 

Mariana 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 74 outros seguidores